Artigo

Christian Bale assegura que há um género de filme que nunca irá fazer

O ator é famoso por interpretar personagens intensas, o que parece ser incompatível com um género de filme que não aparece na sua carreira. Agora, ele confirma que a omissão é mesmo intencional.

Christian Bale tornou-se uma estrela de cinema em 1987, aos 13 anos 13 anos, quando se tornou o protagonista de "O Império do Sol": ele era Jim Graham, que era separado dos pais aquando da evacuação de Xangai durante a Segunda Guerra Mundial e acabava atirado para um campo de concentração japonês.

Pode dizer-se que o gosto pelas personagens de psicologias mais intensas e complexas nunca mais o largou, a que se junta a fama por ir aos extremos das transformações físicas, desde comer vorazmente a passar fome e ficar com físico de atleta de alta competição: pode ver-se tudo isso na trilogia "O Cavaleiro das Trevas", "The Fighter - Último Round" (que lhe valeu o Óscar), "American Psycho", "O Maquinista", "O Terceiro Passo", "Golpada Americana" ou "Exodus: Deuses e Reis".

Num currículo destes, falta algo mais ligeiro, principalmente comédias românticas. E foi por aí a última pergunta de uma entrevista que deu ao jornal britânico The Guardian: alguma vez pensou em fazer uma?

Ver artigo completo

Comentários