Artigo

James Bond: O próximo 007 pode ser negro ou uma mulher

A produtora da saga de espionagem mais importante do mundo deu o sinal mais claro de que a sucessão de Daniel Craig pode ser revolucionária.

A produtora da saga de espionagem mais importante do mundo deu o sinal mais claro de que a sucessão de Daniel Craig pode ser revolucionária.

As declarações foram feitas ao Daily Mail perto do fim do ano e só agora estão a ganhar impacto: o processo de sucessão de Daniel Craig como James Bond pode ter um desfecho... diferente do habitual.

Barbara Broccoli, que tem as "chaves" da lucrativa saga cinematográfica, deu o sinal mais claro de que o próximo 007 pode ser interpretado por um ator negro ou uma atriz.

"Estes filmes tendem a refletir os tempos que vivemos, portanto tentamos ir sempre um pouco mais além. Tudo é possível", salientou a produtora quando o jornal lhe perguntou claramente se poderíamos vir a esperar uma Bond feminina ou um ator negro.

"Neste momento é Daniel Craig e estou muito contente com Daniel Craig, mas quem sabe o que trará o futuro?", acrescentou.

Vale a pena recordar que mesmo o atual 007 já foi uma reinvenção com dedo de Barbara Broccoli: o anúncio de um Bond mais muscular, baixo e loiro em outubro de 2005 foi lamentado por alguns fãs da personagem criada por Ian Fleming.

Ao longo de quatro filmes, Daniel Craig acabou por tornar-se um dos 007 preferidos, mas sinal de que os tempos mudaram, alguns também têm desejado que o seu sucessor seja Idris Elba.

Ainda sem título, o 25º filme da saga, além do quinto e provavelmente último com Craig, chega aos cinemas em outubro de 2019.

Comentários