Artigo

"Todo o Dinheiro do Mundo": Diferença salarial entre atores causa revolta em Hollywood

Mark Wahlberg terá ganho 1.500 vezes mais do que Michelle Williams para refilmar cenas do filme "Todo o Dinheiro do Mundo", o que causou alvoroço em Hollywood.

As notícias de que o ator norte-americano Mark Wahlberg ganhou 1.500 vezes mais do que sua colega mulher Michelle Williams para voltar a filmar cenas do filme "Todo o Dinheiro do Mundo" causaram uma grande revolta em Hollywood.

O assunto, relatam jornalistas em Hollywood, tornou-se o tópico mais quente de discussão nas festas na quarta-feira, ultrapassando as acusações de assédios sexual contra James Franco e Michael Douglas.

Ridley Scott voltou a rodar parcialmente o seu último filme após Kevin Spacey, que o protagonizava, ser acusado de conduta sexual inapropriada. Wahlberg e Williams foram convocados para repetir as cenas com o substituto de Spacey, Christopher Plummer.

Entretanto, de acordo com o USA Today, Williams ganhou por seu trabalho uma remuneração diária de 80 dólares [66,8 euros], uma quantidade que no total não chega a 1.000 dólares e que representa menos de 0,07% dos 1,5 milhões de dólares [1,25 milhões de euros] que Wahlberg recebeu.

Michelle Williams não reagiu, mas Busy Philipps já veio dizer que o que aconteceu é "completamente inaceitável, para dizer o mínimo" e, em resposta a outro comentário, disse que "vergonhoso é o termo correto".

"Por favor vão ver a atuação de Michelle em 'Todo o Dinheiro do Mundo'. Ela é uma atriz brilhante, nomeada aos Óscares e ganhadora de um Globo de Ouro", escreveu indignada no Twitter Jessica Chastain.

Ver artigo completo

Comentários