Esta sexta-feira, pouco mais de um mês após a estreia mundial, "Joker" irá entrar no clube dos filmes que arrecadaram mil milhões de dólares nas bilheteiras a nível mundial. É um recorde no cinema dirigido ao público adulto e foi possível sem entrar na China, o segundo maior mercado de cinema do mundo.

Projetado para ser um filme isolado sobre como um comediante fracassado se tornou o grande o vilão da DC Comics, o seu impacto fez com que, aos poucos, tanto o realizador Todd Phillips como o ator Joaquin Phoenix começassem a deixar pistas de que, afinal, podia não ser bem assim.

Embora nada pareça estar oficialmente encaminhado, Phillips revelou pela primeira vez de forma mais clara a sua visão sobre o que pode justificar avançar com a potencial sequela sem ser apenas para rentabilizar o sucesso de bilheteira.

"Não poderia ser apenas este filme selvagem e louco sobre o 'Palhaço Príncipe do Crime'. Teria que ter alguma ressonância temática semelhante à que tem este. Porque acho que foi por isso que o filme teve impacto, é o que se passa para lá da superfície. Tantos filmes são sobre a faísca e este é sobre a pólvora. Seria interessante se for possível captar isso outra vez de uma forma realista", explicou numa conversa com o jornal LA Times.

Todd Phillips com Joaquin Phoenix

"Joker" esteve rodeado por polémicas por causa da sua representação da violência, mas Todd Phillips não se sente vingado pelos resultados comerciais .

"Não é a bilheteira, mas o acolhimento que tem sido tão satisfatório. É o facto de receber e-mails de pessoas a dizer que o filme as fez olhar para a irmã que sofre de esquizofrenia sob uma luz diferente. Em última análise, o filme é sobre o poder da bondade e da falta de empatia no mundo, e os espectadores parecem ter percebido isso. É espantoso que um filme que era suposto inspirar, como chegaram a dizer, caos em massa, tenha realmente levado imensas pessoas a dançar nas escadas. Acho que isso diz mais sobre os nossos tempos do que qualquer outra coisa", defendeu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.