Anne Hathaway é a primeira grande estrela de Hollywood a juntar-se a um filme inspirado pela pandemia da COVID-19.

A vencedora do Óscar está nas negociações finais para ser a protagonista de "Lockdown" ["Confinamento", em tradução livre], um filme que deverá começar a ser rodado no final deste mês em Londres.

O projeto é descrito como uma mistura de filme de assalto e comédia romântica que tem como pano de fundo o confinamento da pandemia.

Embora não esteja confirmado, outro ator que poderá estar envolvido é Cillian Murphy ("28 Dias Depois", "Peaky Blinders").

Apesar de ter um orçamento modesto abaixo dos 10 milhões de dólares, "Lockdown" junta outros nomes importantes: o realizador será Doug Liman ("Mr. e Mrs. Smith", "No Limite do Amanhã") e o argumento é de Steven Knight ("Promessas Perigosas", "Locke" e precisamente "Peaky Blinders").

Até agora e graças ao envolvimento de Hathaway, Liman e Knight, "Lockdown" será o projeto de mais destaque à volta do impacto da pandemia.

Logo entre abril e junho, durante o confinamento em Los Angeles, avançou "Six Feet Apart", uma comédia romântica de Jessa Zarubica filmada com câmaras, iPhones e Zoom nas casas dos protagonistas Chris Candy ("Rosewood") e J.J. Nolan ("You").

A Netflix também prepara uma série inspirada pelas restrições do confinamento apropriadamente chamada "Social Distance" [Distanciamento Social].

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.