O comportamento da Marvel em termos de diversidade deixa muito a desejar, acusou Anthony Mackie, que interpretava Sam Wilson/Falcão no Universo Cinematográfico.

Referindo-se a "Black Panther", de Ryan Coogler, o ator não poupou nas palavras, dizendo que contratar apenas "pessoas negras para o filme negro" pode indicar que "elas não são suficientemente boas quando se tem um elenco de atores predominantemente branco".

“Tivemos um produtor negro, o seu nome era Nate Moore. Ele produziu 'Black Panther'. Mas quando se faz 'Black Panther', temos um realizador negro, um produtor negro, uma designer de roupa negra, um coordenador de duplos negro. E isso para mim é mais racista do que outra coisa qualquer", explicou numa conversa com Daveed Diggs (da série "Snowpiercer") no programa especial de entrevistas da Variety "Actors on Actors".

"Incomodou-me a sério o facto de ter feito sete filmes da Marvel em que cada produtor, cada realizador, cada duplo, cada estilista, cada assistente de produção, cada pessoa tem sido branca", indicou.

Anthony Mackie preferia que o estúdio contratasse "a melhor pessoa para o trabalho".

"Mesmo que isso signifique que teremos as duas melhores mulheres, que teremos os dois melhores homens, fico confortável com esses números nos próximos 10 anos. Porque começa a construir uma nova geração de pessoas que podem colocar algo no seu currículo para conseguir outros empregos", defendeu.

Anthony Mackie fez a estreia no Universo Cinematográfico Mavel com "Capitão América: Soldado de Inverno" (2014) e será o protagonista da primeira série Marvel da plataforma Disney+, "The Falcon and the Winter Soldier", ao lado de Sebastian Stan, com estreia anunciada para agosto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.