Afinal, Tom Hanks poderá mesmo vir a ser Geppetto na versão em imagem real de "Pinóquio" baseada no clássico de animação da Disney que será realizada por Robert Zemeckis.

Segundo avança o Deadline Hollywood, começou o processo de negociações entre o ator e o estúdio para o papel do criador e "pai" da marioneta de madeira que anseia ser um "menino a sério".

Há dois anos, a Disney já tinha feito uma abordagem quando o projeto estava nas mãos de outro realizador, mas o acordo nunca foi concretizado.

Agora, fontes que conhecem os bastidores do processo dizem que Hanks falou com Robert Zemeckis após ler o argumento para confirmar que queria fazer o filme.

Os dois já trabalharam juntos no vencedor dos Óscares "Forrest Gump" (1994) e ainda em "O Náufrago" (2000) e "Polar Express" (2004).

Existe outro "Pinóquio" por Hollywood: uma animação em "stop motion" que o realizador Guillermo del Toro está a preparar para a Netflix.

A estratégia de Disney em adaptar os seus clássicos da animação para o público contemporâneo já rendeu 8,2 mil milhões de dólares a nível mundial desde "Alice no País das Maravilhas", de Tim Burton, em 2010.

Os maiores sucessos foram "Alice...", "A Bela e o Monstro", "Aladdin" e "O Rei Leão".

O próximo filme da Disney baseado num clássico de animação será "Mulan", que a Disney optou por lançar no seu serviço de streaming Disney+ após vários adiamentos por causa do COVID-19.

Segue-se "Cruella", sobre a vilã de "Os 101 Dálmatas", com Emma Stone, a 28 de maio de 2021.

Em diferentes fases de preparação estão ainda novas versões de "A Pequena Sereia", "Branca de Neve e os Sete Anões", "Lilo & Stitch", "O Corcunda de Notre-Dame" e "Robin dos Bosques.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.