Previsto para chegar aos cinemas no verão de 2020, a preparação de "Guardiões da Galáxia 3" devia estar agora a decorrer para que as filmagens começassem em meados do ano que vem.

Só que o projeto está suspenso e sem datas desde que a Disney decidiu despedir o realizador James Gunn por causa de várias mensagens controversas publicadas há quase dez anos nas redes sociais.

O estúdio ainda não tem um novo realizador e numa breve entrevista esta quinta-feira na passadeira vermelha da antestreia em Londres do seu nome filme, perguntaram a Bradley Cooper, que é a voz do Rocket Racoon, se estaria interessado em ficar com o trabalho.

O ator está atualmente a promover "Assim Nasce Uma Estrela", a sua estreia na realização e onde também surge à frente das câmaras ao lado de Lady Gaga. Também é coargumentista, produtor e coautor de várias canções.

Segundo a comunicação social especializada, a pergunta apanhou Coopper de surpresa, mas não ficou sem resposta.

"[Interessado] em realizá-lo? Nunca poderia dirigir nada que não escrevi. Não, nunca poderia dirigir dirigir nada que não escrevi.", fui a reação bem categórica.

Foi recentemente revelado que a Disney e a Marvel tencionam usar o argumento que James Gunn concluiu cerca de três semanas antes de ser despedido.

Cooper, juntamente com todo o elenco de "Guardiões da Galáxia", assinou uma carta a apelar à Disney para voltar atrás na sua decisão.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.