A saga cinematográfica “Matrix” vai ter um novo filme, anunciaram hoje os produtores, confirmando a presença dos atores Keanu Reeves como Neo e Carrie-Anne Moss como Trinity, numa sequela escrita, realizada e produzida por Lana Wachowski.

"Não podíamos estar mais entusiasmados por reentrar no Universo Matrix", disse o diretor dos estúdios Warner Bros, Toby Emmerich, à revista Variety, descrevendo Lana Wachowski, que com a sua irmã lançou a saga cinematográfica há 20 anos, como "uma verdadeira visionária, uma realizadora singular, original e criativa".

"Estamos muito felizes por ela escrever, realizar e produzir este novo capítulo do universo 'Matrix'", comentou Emmerich.

Os três filmes da saga Matrix, “Matrix”, “Matrix Reloaded” e “Matrix Revolutions”, tiveram uma receita de bilheteira superior a 1,6 mil milhões de dólares (1,4 mil milhões de euros), tendo sido escritos e realizados por Lana e pela sua irmã, Lilly, na altura os irmãos Andy e Larry Wachowski. Os dois assumiram-se anos depois como transsexuais: Lana (Larry) completou a sua transição em 2010 e Lilly (Andy) em 2016.

Apesar das duas sequelas, "Matrix Reloaded" e "Matrix Revolutions", ambas em 2003, não terem sido tão bem recebidas, "Matrix", que ganhou quatro Óscares, permanece um clássico e um dos títulos mais originais da história do cinema.

Tudo começava com Thomas Anderson (Reeves), um jovem programador que fora das horas de serviço era conhecido por Neo e era um 'hacker' que nas suas buscas informáticas perseguia a Matrix e um personagem que dava pelo nome de Morpheus (Laurence Fishburne). A esperança de encontrar as respostas que procurava levavam-no a um ponto em que a sua vida nunca mais seria a mesma.

Alguns nos estúdios Warner consideram "Matrix" um dos títulos intocáveis do estúdio, ao jeito de "Casablanca", mas para outros é uma saga que rendeu 1,6 mil milhões de dólares só no cinema e com grande potencial de exploração numa era em que Hollywood procura formas de rentabilizar o passado e os seus produtos mais reconhecíveis.

A ideia de fazer uma série de televisão chegou a ser uma hipótese, entretanto abandonada, mas a inspiração para recuperar "Matrix", terá alegadamente sido o que a Disney e a Lucasfilm fizeram com a saga "Star Wars", em especial com histórias alternativas no universo como "Rogue One" e a juventude de Han Solo.

Para além da saga "Matrix", as irmãs Wachowski trabalharam juntas várias vezes, em filmes como "Speed Racer", "Cloud Atlas" ou "A Ascensão de Júpiter" e  na série "Sense8", mas nesta quarta parte de "Matrix", ainda sem título definido, Lana trabalhará sozinha.

A sua carreira nunca voltou a ter o mesmo sucesso depois da saga com Neo, Trinity e Morpheus e vários dos seus outros projetos, particularmente "A Ascensão de Júpiter" foram fracassos junto da crítica e do público. A série "Sense 8" foi também entretanto cancelada.

Os boatos sobre a possibilidade de um novo "Matrix" correm por Hollywood há vários anos, mas agora materializaram-se. O novo filme deverá começar a ser rodado no princípio do próximo ano, depois de terem sido ultrapassados os problemas com os direitos de produção. Não há informações de como  "Matrix 4" estará ligado aos episódios anteriores.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.