"Lawrence da Arábia" foi eleito o filme mais bem fotografado do século XX pela associação que junta os mais prestigiados profissionais do setor, a American Society of Cinematographers (ASC).

Fundada logo em 1919, a ASC festeja ao longo deste ano o centenário e uma das iniciativas passou por pedir aos seus membros para escolher os filmes que mais os inspiraram e que mantêm uma influência forte em gerações de cineastas.

Cada um podia indicar 10 a 25 títulos e da grande lista com as escolhas de todos, todos votaram para escolher os seus 100 mais essenciais e o épico realizado por David Lean em 1962 ficou em primeiro lugar.

A seguir ficaram "Blade Runner - Perigo Iminente" (1982), "Apocalypse Now" (1979), "O Mundo A Seus Pés" (1942), "O Padrinho" (1972), "O Touro Enraivecido" (1980), "O Conformista" (1970), "Dias do Paraíso" (1978), "2001: Odisseia no Espaço" (1968) e "Os Incorruptíveis Contra a Droga" (1971).

A partir do 11º e até o 100, os filmes foram ordenados pelo ano de estreia e o mais "recente" a fechar o século XX foi "Disponível para Amar" (2000).

A ASC salienta que a lista é especificamente sobre"distinção em fotografia", pelo que existem vários títulos que não costumam aparecer nas habituais listas de "melhores filmes" , apontando como exemplos o pouco conhecido "Baraka" (1992) e ainda "O Conformista" e "I Am Cuba" (1964).

Os votantes também foram incentivados a escolher títulos que acreditam terem sido injustamente ignorados ou estavam muito à frente do seu tempo e por isso incompreendidos.

A lista completa pode ser consultada no "site" da ASC.