Um dos filmes de ação e ficção científica mais marcantes da década de 90 vai ser refeito para uma nova geração.

"A Outra Face", ou "Face/Off", deu muito que falar quando chegou aos cinemas em 1997 por causa da história de troca de identidades mirabolante: um agente do FBI, Sean Archer (John Travolta) submetia-se a uma nova e radical cirurgia para ficar com a cara de Castor Troy (Nicolas Cage), um perigoso terrorista em estado de coma.

Tudo se complicava quando o próprio Castor recuperava inesperadamente e vendo o que tinha acontecido, forçava os cirurgiões médicos a colocarem-lhe o rosto do agente antes de os matar. Para Sean Archer, o pesadelo era duplo: não só estava preso ao rosto da pessoa que mais odiava, como o vilão ficava com a sua família.

Além de uma oportunidade para Travolta e Cage mostrarem o seu talento com a troca de papéis, para o grande entretenimento que o filme trouxe ao verão de 1997 também contribuiu o facto de ter sido a primeira (e, confirmou-se mais tarde, única) vez que John Woo conseguiu "transferir" com sucesso para o cinema americano os ingredientes que o tornaram um dos mais reputados realizadores de Hong Kong.

Agora, o estúdio de Hollywood quer refazer a história e encomendou o projeto a Neal Moritz, o veterano produtor dos filmes "Velocidade Furiosa".

Ainda numa fase muito inicial, não há data de estreia ou qualquer realizador ou atores associados, mas o argumento será de Oren Uziel, que co-escreveu "Agentes Universitários" (2014) e o ainda inédito "Sonic: O Filme", além de "O Paradoxo Cloverfield" (2018).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.