Cada um já vai em oito nomeações para os Óscares, pelo que é fácil perceber o que pode acontecer quando se juntarem: o The Hollywood Reporter confirmou que estão a decorrer negociações para Bradley Cooper entrar no próximo filme de Paul Thomas Anderson.

Tanto o título como os detalhes estão a ser mantidos em segredo, mas a história será sobre um estudante de liceu que também é um ator infantil de sucesso, mas cruzará outras narrativas e personagens. Para o papel de Cooper, o cineasta terá também pensado em Harrison Ford, George Clooney e Michael Douglas.

A ação vai decorrer na década de 1970 no Vale de São Fernando, no noroeste de Los Angeles, que os fãs do cineasta reconhecerão como a zona onde o cineasta cresceu e situou três dos seus filmes, "Boogie Nights" (1997), "Magnolia" (1999) e "Embriagado de Amor" (2002).

Antes da paragem forçada por causa da COVID-19, o projeto chegou a estar previsto para arrancar esta primavera. Dependendo de como estiver a situação à volta de Los Angeles, os planos apontam agora para avançar no outono.

O mais recente filme de Paul Thomas Anderson foi "Linha Fantasma" (2017), com Daniel Day Lewis e Lesley Manville, que esteve nomeado para vários Óscares.

Já Bradley Cooper tem-se mantido nos bastidores a desenvolver projetos desde "Assim Nasce Uma Estrela", onde contracenou com Lady Gaga e foi ainda o realizador, que esteve na corrida às estatuetas em 2019. Um deles é "Nightmare Alley", de Guillermo del Toro, cuja rodagem foi interrompida também por causa da pandemia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.