Numa altura em que milhões são obrigados a ficar isolados nas suas casas por causa da COVID-19, o American Film Institute (AFI) anunciou a criação de um "clube de cinema" virtual e global para todos os que gostam de filmes continuarem ligados.

A organização é uma das mais prestigiadas ligadas ao cinema e além de atribuir um importante prémio de carreira desde 1973, tem um papel muito importante no apoio a cineastas em início de carreira e na preservação de filmes antigos.

O "AFI Movie Club" (https://www.afi.com/MovieClub/) é o novo lugar de encontro onde todos os dias será recomendado um novo filme para ver em quarentena, apresentado por um convidado especial e com as ligações aos serviços de streaming onde estiver disponível.

Para enriquecer a sessão, serão apresentados factos interessantes sobre a produção e outros materiais do vasto arquivo do AFI.

Com um gigantesco poster francês de "Doutor Jivago" atrás de si, Steven Spielberg fez as honras da inauguração com "O Feiticeiro de Oz".

"Sei que pensam que já o viram, mas por favor reconsiderem porque, neste preciso momento na nossa história, que melhor mensagem existe do que 'Não há como a nossa casa'?", explicou o cineasta em vídeo, numa referência à frase imortalizada por Judy Garland no clássico de 1939.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.