A Netflix vai fazer o maior investimento de sempre num filme e pagar grandes salários às suas estrelas: Dwayne Johnson, Gal Gadot e Ryan Reynolds.

Segundo a Variety, os principais elementos à volta de "Red Notice" decidiram que era essencial existir paridade salarial entre três estrelas pela dimensão dos seus papéis:  cada um vai receber 20 milhões de dólares, um valor muito invulgar atualmente em Hollywood (Dwayne Johnson terá ainda mais alguns milhões porque é produtor).

Dez milhões vão para o realizador Rawson Marshall Thurber, que também escreveu o argumento original do que é descrito como um "thriller" que mistura ação e comédia à volta de um grande assalto que percorrerá vários locais do planeta.

Em fevereiro de 2018, a Universal Pictures ganhou uma corrida muito disputada em Hollywood, mas este mês deu autorização aos produtores para apresentar o projeto a outros estúdios.

Na indústria, comenta-se que a razão é que os filmes originais estão a ter grandes dificuldades em afirmar-se nas bilheteiras nesta era em que as salas estão dominadas por sequelas e títulos de super-heróis.

Foi a Netflix que agarrou a oportunidade de fazer um filme com três das maiores estrelas da atualidade, abrindo os cordões à bolsa.

Tudo somado são 70 milhões só para começar, mas segundo a Variety, o orçamento final pode chegar aos 200 milhões, ainda que uma fonte que conhece o projeto prefira avançar com 160 milhões.

Isto fará de "Red Notice" o filme mais caro de sempre da plataforma de streaming e Dwayne Johnson deu conta disso mesmo ao agradecer nas redes sociais à Netflix por "fazer o seu maior investimento de sempre num filme".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.