Os filmes de Marvel não costumam receber grandes atenções dos Óscares (com a notável exceção de "Black Panther"), mas um dos realizadores de "Vingadores: Endgame" acha que Robert Downey Jr. devia ganhar a estatueta pela sua derradeira interpretação como Tony Stark e Homem de Ferro.

Numa entrevista ao Daily Beast sobre as hipóteses que o filme terá na temporada de prémios que está agora a ganhar intensidade, Joe Russo recordou que os gostos dos votantes da Academia não costumam coincidir com os do público.

O irmão Anthony Russo acrescentou que a organização "parece estar muito focada em tentar defender filmes mais pequenos, o que é ótimo, mas não se quer que seja a única coisa que tentam fazer".

Na opinião de Joe Russo, vai ser preciso ouvir mais cedo ou mais tarde o que pensam os espectadores e Robert Downey Jr. merece ser reconhecido, apesar de garantir que não fizeram os filmes ("Guerra do Infinito" e "Endgame") um a seguir ao outro (os mais caros da história do cinema, recordou) para ganhar prémios.

"Não sei se alguma vez vi, na história do cinema, um público reagir a nível global a uma interpretação da forma como fizeram com o Robert Downey Jr. neste filme. Havia pessoas a berrar nos cinemas, a hiperventilar", recordou.

"Isso é uma interpretação profunda, quando se consegue comover espectadores de todo o mundo a esse nível. Nunca vimos nada assim e se isso não merece um Óscar, não sei o que merece", concluiu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.