Há vários anos que Ryan Reynolds e Hugh Jackman se provocam amigavelmente nas redes sociais.

Muitas vezes a "rivalidade" anda à volta de Deadpool e Wolverine, as suas identidades como super-heróis, mas o pretexto mais recente é o filme "O Candidato Favorito".

Realizado por Jason Reitman e a chegar aos cinemas americanos esta semana, Ryan Reynolds decidiu dar uma ajuda inesperada para a promoção em que se propõe revelar quem é o "verdadeiro Hugh Jackman".

Ao melhor estilo das campanhas políticas que agora estão decorrer nos EUA, foi lançado na rede social de Ryan Reynolds um vídeo onde alguém que fala como ele mas não se identifica enquanto tal diz que alguns se estão a deixar "enganar" pelos elogios feitos ao trabalho como ator de Hugh Jackman.

O narrador do vídeo sugere que essas pessoas devem ter em conta alguns factos menos conhecidos antes de começarem a votar para prémios, desde logo o uso de um nome falso: o verdadeiro é "Hugh Michael Jackman".

Em tempo de "fake news", também surge um dado biográfico de origem duvidosa: "apesar do sotaque charmoso", o até agora australiano Hugh Jackman na verdade é do estado norte-americano do Milwaukee.

Finalmente, o "facto" mais grave: Hugh Jackman abandonou o papel de Wolverine, contribuindo para o aumento do desemprego.

Em alternativa, o vídeo "eleitoral" sugere outro ator, efetivamente estrangeiro, de um país fronteiriço com os EUA, que realmente gostaria de ser premiado, mostrando uma fotografia do canadiano Ryan Reynolds.

"O Candidato Favorito" estreia em Portugal a 24 de janeiro.

VEJA O VÍDEO.


Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.