Os prémios do festival, o mais importante do cinema independente nos Estados Unidos, foram entregues no sábado à noite em Park City, no Utah, numa cerimónia apresentada pela actriz June Lynch, que contou com a presença de muitos dos realizadores e actores que concorreram.

Além do Grande Prémio do Júri na categoria de ficção norte-americana,
«Push» conquistou também o prémio do público e a actriz
Mo'Nique recebeu um prémio especial pelo desempenho neste filme.

A longa-metragem é baseada numa novela da poetisa norte-americana Sapphire, escrita em 1996, e aborda a luta de uma jovem negra que tenta encontrar o seu caminho no bairro nova-iorquino de Harlem, no interior da comunidade afro-americana dos anos 80.

Além de Mo'Nique, o filme conta também com os desempenhos de Mariah Carey, Paula Patton e Gabourey Sidibe.

O Grande Prémio do Júri na secção do documentário norte-americano foi para
«We Live in Public», de
Ondi Timoner, que abordou a forma como os projectos artísticos do pioneiro da Internet, Josh Harris, chocaram Nova Iorque.

Relativamente ao
Cinema do Mundo, o Prémio do Júri de Ficção foi conquistado por
«The Maid» de
Sebastian Silva (Chile), cuja actriz principal,
Catalina Saavedra, recebeu ainda um prémio especial pelo desempenho como uma ama de personalidade amarga e introvertida.

Na categoria
Documentário, o Prémio do Júri foi para o filme
«Rough Aunties», de
Kim Loginotto (Reino Unido), um retrato sobre "os anjos-da-guarda" das crianças abandonadas nas ruas de Durban, na África do Sul.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.