A canção do jovem Keedron Bryant "I Just Wanna Live", sobre os temores de crescer como um homem negro nos Estados Unidos, foi lançada esta sexta-feira, dia em que os norte-americanos recordam o fim da escravatura nos Estados Unidos, informou o cantor na sua conta no Instagram.

Bryant publicou pela primeira vez a canção gospel a capella no Instagram a 26 de maio, um dia depois da morte de George Floyd por um polícia branco na cidade de Minneapolis.

A morte de Floyd - mais uma de uma longa lista de negros mortos pelas forças de segurança - provocou grandes protestos contra a brutalidade policial e um debate nacional sobre o racismo nos Estados Unidos, tanto no passado como na atualidade.

"Todos os dia sou caçado como presa. O meu povo não quer problemas", canta Bryant.

O post original da canção recebeu mais de três milhões de 'gostos' e foi elogiado por várias personalidades, do ex-presidente norte-americano Barack Obama à cantora Katy Perry.

A Warner Records anunciou que doará o lucro da canção à Associação Nacional para o Avanço das Pessoas de Cor (NAACP).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.