Nick Cave partilhou uma nova carta aberta aos seus fãs para responder a algumas perguntas que lhe foram enviadas nas últimas semanas. "O poeta David Whyte escreveu: 'O medo da perda é a grande razão de todas as desonestidades, conscientes e inconscientes'. Depois de o meu filho morrer e de eu finalmente me elevar das trevas para voltar ao mundo, trouxe comigo uma dádiva que só agora começo a entender", começou por escrever o músico.

"O mundo já tinha feito o pior que podia fazer. Que mais podia ele fazer? O que é que ainda tinha a temer? O que poderia perder que me impedisse de sobreviver? Senti-me libertado, protegido pela própria calamidade e perversamente invencível, dentro da minha própria vulnerabilidade. O engano, o artifício e o manter de aparências gastavam-me demasiada energia", confessou no texto.

"Aprendi que a única coisa que temos é a nossa verdade e o nosso sentido de identidade", sublinhou.

Leia aqui a carta.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.