Na semana passada, Tom Hanks e a esposa, Rita Wilson, anunciaram que estavam em quarentena num hospital da Austrália depois de serem diagnosticados com o novo coronavírus.

Nas redes sociais, o ator tem mantido o optimismo e apelou a todos que seguissem as recomendações dos especialistas, mas agora os australianos ficaram preocupados com ele por outra razão.

Tudo aconteceu quando partilhou uma mensagem de agradecimento aos profissionais de saúde que têm tratado do casal e juntou uma imagem de duas torradas rechedas com Vegemite, uma pasta para barrar muito popular na Austrália e Nova Zelândia.

Só que as torradas deviam ter manteiga e apenas uma pequena porção de vegemite, que tem um sabor salgado e pode ser uma má experiência se aplicado em excesso.

A estrela lançou-se com inocência e entusiasmo e muitos ficaram "horrorizados" por ninguém lhe ter apresentado como deve ser um dos alimentos mais importantes dos dois países.

Talvez não seja por acaso que só tenha dado uma mordidela, mas nas redes sociais surgiram as recomendações de outros "especialistas", dúvidas sobre se achou que o Vegemite era o mesmo que Nutella ou se se trata de uma forma de acabar com o coronavírus.

E até uma pessoa muito especial da sua família comentou a situação.

"É bom ver que o nosso amigo Tom Hanks está a ser bem tratado em quarentena, mas temos de dizer que isso está um bocado espesso (deixa para o som de milhares de australianos a dizer que colocou demasiado Vegemite nessa torrada). Com toda a seriedade, as melhoras", escreveu o "Australianos nos EUA".

Houve quem fosse ainda mais específico nas recomendações: "Okay, precisa de tirar cerca de 60% desse Vegemite, caso contrário vai ser desagradável e magoar a sua boca, meu amigo" e outra pessoa respondeu "60%? Que tal 95!!"

"Matar o coronavírus com doses nucleares de Vegemite pode ser a nossa última esperança", especulou-se.

Até o filho Colin Hanks deu a sua contribuição: "Há anos que lhe ando a dizer 'Isso é demasiado para uma torrada'".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.