Promovido pela Associação para a Promoção da Música e Dança PédeXumbo, o Andanças" - Festival Internacional de Danças Populares espera receber cerca de 40 mil visitantes, até domingo, numa área de 28 hectares, junto à albufeira de Póvoa e Meadas.

“Estamos a festejar os 20 anos e temos mais oferta cultural para os visitantes”, disse à agência Lusa a coordenadora da iniciativa, Ana Martins, indicando que a 20.ª edição do certame reúne cerca de mil artistas de todo o mundo.

O Andanças é um festival que assenta em "quatro pilares": dança/música, voluntariado, comunidade e ambiente/sustentabilidade.

Contando, na parte logística, com cerca de mil pessoas, incluindo uma "grande fatia" de voluntários, o festival desafia os visitantes a “abandonar” a postura de espetadores para poderem assumir um “papel ativo” nas atividades realizadas.

Pelos 11 espaços programados do festival vão passar mais de 50 grupos e projetos musicais, num total de cerca de mil artistas, havendo ainda espaço para a realização de oficinas de dança durante o dia e bailes à noite.

Segundo o presidente do município de Castelo de Vide, António Pita, o festival assume uma “importância muito grande” na economia da zona, sobretudo nos setores turístico e hoteleiro.

Além da música e da dança, o Andanças tem ainda para oferecer aos visitantes oficinas de artes plásticas, de gastronomia e de artes e ofícios, cinema, sessões de contos, oficinas de naturalistas, circo e teatro.

@Lusa

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.