O sucessor de “Common Ground”, de 2013, tem lançamento previsto para o dia 13, e inclui no seu alinhamento reinterpretações “muito pessoais” de temas de PJ Harvey, Elvis Presley, Cole Porter, Bee Gees Lee Hazelwood, entre outros – “figuras marcantes no percurso musical e na vida de Mazgani”.

A produção do registo, gravado live on tape, ficou a cargo de Mazgani, em parceria com Hélder Gonçalves.

“Queria com a minha voz contar a minha história através destas canções e, ao mesmo tempo, encontrar uma estética que ligasse este corpo de obra tão díspar”, revela o prório sobre o álbum, que conta com a participação, em estúdio, dos músicos Sérgio Mendes (guitarra), Victor Coimbra (baixo e contra-baixo), Paulo Cavaco (teclado, piano e acordeão) e Fernando Tavares (bateria).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.