Nos últimos 25 anos, a indústria da música transformou-se e mudou radicalmente - da forma como é produzida e divulgada até ao modo como consumimos singles e álbuns, as mudanças obrigaram os artistas e as editoras a criar novas estratégias para sobreviver num mercado competitivo e cada vez mais global.

Nas últimas décadas, a principal mudança no mundo da música foi a forma de distribuição e de consumo - se nos anos 1990 e início dos anos 2000, ouvíamos canções através de CDs, da rádio ou da televisão, hoje tudo é diferente: os serviços de streaming e as redes sociais transformaram a experiência de ouvir música.

Fazendo uma viagem do passado ao presente (de 1995 a 2020), há momentos que marcam a história musical. Relembre alguns desses marcos:

1995. O mundo a dançar Macarena

Há 25 anos, o mundo começou a dançar "Macarena" e nunca mais parou. A canção dos espanhóis Los Del Río conquistou os tops mundiais, sendo uma das sete canções estrangeiras (não cantadas em inglês) a conquistar o primeiro lugar do Billboard Hot 100. Em 2002, a dupla foi considerada o "Maior One-Hit Wonder" pelo canal VH1.

1995. O fenómeno britpop: Blur vs Oasis

Blur vs Oasis
CAPA DA REVISTA NME

"Blur ou Oasis?" é uma das perguntas que marcou os anos 1990. A meio da década, o 'duelo' entre as duas bandas mais proeminentes da britpop, alimentado por alguma imprensa britânica, foi intenso e teve eco em todo o mundo. A polémica ficou ainda mais acesa depois de Noel Gallagher, dos Oasis, ter desejado que Damon Albarn e Alex James, dos Blur, "apanhassem Sida e morressem", numa entrevista ao The Observer.

O músico pediu depois desculpa, mas as rivalidades continuaram a dar que falar. E a pergunta ainda se mantém: Blur ou Oasis?

1998. Silence 4, de Leiria para Portugal inteiro

Silence Becomes It - Silence 4

Nascidos em 1995 em Leiria, os Silence 4 foram um dos maiores fenómenos de sempre da música portuguesa: editaram apenas dois discos de originais – "Silence Becomes It" (1998) e "Only Pain Is Real" (2000) - e conseguiram o maior sucesso alguma vez atingido por um artista debutante em Portugal, com oito discos de platina em apenas dois anos.

A banda de David Fonseca (voz e guitarra), Sofia Lisboa (voz), Rui Costa (baixo) e Tozé Pedrosa (bateria) abriu ainda terreno para que outras bandas portuguesas se aventurassem a cantar em inglês.

1999. O surgimento do Napster e o triunfo do download ilegal

Napster
créditos: Napster

Napster, uma das primeiras plataformas de streaming de música dos anos 1990, protagonizou o primeiro grande episódio na luta jurídica entre a indústria e as redes de partilha de música na internet. O programa abriu terreno para do triunfo do download ilegal, que durante anos atrapalhou as indústrias do entretenimento.

2003. Madonna e Britney Spears beijam-se nos MTV VMAs

Madonna e Britney Spears

Em 2003, Britney Spears fez uma das atuações mais famosas dos prémios da MTV, quando deu um beijo na boca a Madonna. O momento protagonizado pela 'princesa' e 'rainha' da pop continua a ser um dos mais marcantes dos Video Music Awards, apesar de já se terem passado 17 anos. Quem não se lembra?

2004. Rock in Rio chega a Lisboa

Lembra-se do primeiro Rock in Rio Lisboa?

Já com uma rota de festivais bem definida em Portugal, o Rock in Rio voou do Rio de Janeiro para Lisboa em 2004. O festival, que na sua primeira edição no Parque da Bela Vista contou com concertos de Paul McCartney, Peter Gabriel, Foo Fighters, Evanescence, Kings of Leon, Metallica, Incubus, Slipknot, Britney Spears, Black Eyed Peas, Sting ou Alicia Keys, agitou o mercado português e continua a ser um dos principais eventos de música - quem é que não sabe o refrão do hino do festival?

2005. MTV Europe Music Awards em Lisboa

MTV Europe Music Awards Lisboa

Em 2005, Lisboa recebeu a décima segunda edição dos MTV Europe Music Awards. A cerimónia realizou-se no Pavilhão Atlântico (agora conhecido como Altice Arena) e foi conduzida por Sacha Baron Cohen, no papel de Borat Sagdiyev.  No evento, Madonna apresentou o seu então novo single, "Hung Up", pela primeira vez.

Será que o regressos dos prémios europeus da MTV a Portugal está para breve? Nos últimos dois anos, a festa fez-se no país vizinho...

2006. Buraka Som Sistema, uma surpresa dentro e fora de portas

Buraka Som Sistema ao vivo

Os Buraka Som Sistema, um dos fenómenos mais surpreendentes da música portuguesa dos últimos anos, nasceram em 2006 e conquistaram fãs (dentro e fora de portas) ao misturarem a música africana (sobretudo kuduro) e urbana, abrindo portas a mais fusões.

Com o seu estilo único, o grupo conseguiu conquistar o mercado internacional - o concerto no festival Coachella e a atuação no Bowery Ballroom, em Nova Iorque, foram dois dos marcos na carreira.

Depois de quatro álbuns, centenas de concertos e de uma visibilidade internacional sem paralelo para um projeto nacional, os Buraka Som Sistema comunicaram, em 2016, que iriam parar por tempo indeterminado.

2007: Lançamento online de "In Rainbows", dos Radiohead, no modelo pague o que quiser

Radiohead

Em 2007, a indústria da música tentava combater a pirataria, com programas ilegais, como o BitTorrent, eDonkey ou o eMule, a serem os principais alvos. Para tentarem ir contra a corrente, no mesmo ano, os Radiohead lançaram "In Rainbows" de uma forma, à época, surpreendente: o álbum foi disponibilizado para download dois meses antes da edição física e com opção única de pagar o que quiser.

O modelo "inventado" pela banda britânica não se repetiu em grande escala, apesar dos bons resultados. Em entrevista à Wired, Thom Yorke confessou que, “no que diz respeito a retorno digital, fizemos mais dinheiro do que se somarmos todos os outros, o que é inacreditável”.

2008. O início da era Spotify e dos serviços de streaming

Sugestão TeK: 5 segredos úteis para quem usa diariamente o Spotify

Os serviços de streaming mudaram a indústria da música. O Spotify foi uma das primeiras plataformas a alcançar sucesso mundial - a plataforma foi lançada em outubro de 2008, mas só chegou a Portugal cinco anos depois, em 2013.

Atualmente, o Spotify soma mais de 135 milhões de utilizadores. Youtube Music, Apple Music, Tidal ou Deezer são outros dos serviços de streaming que têm registado um crescimento acentuado nos últimos anos.

2008. Justin Bieber torna-se a primeira estrela mundial nascida no Youtube

2010

"Baby, Baby, Baby"... Abrindo caminho para uma série de novos talentos musicais descobertos nas redes sociais, Justin Bieber tornou-se no primeiro fenómeno global nascido no Youtube. O jovem cantor canadiano começou a dar nas vistas depois de assinar com Scooter Braun e 12 anos depois continua a ser uma das maiores estrelas do mundo.

2009. Kanye West vs Taylor Swift nos MTV Video Music Awards

2009: Kanye West vs Taylor Swift nos MTV Video Music Awards

Em 2009, Taylor Swift venceu o seu primeiro grande prémio e levou para casa o galardão de Melhor Vídeo Feminino dos MTV Video Music Awards. Mas Kanye West ficou insatisfeito com a vitória da jovem cantora e interrompeu a cerimónia. "A Beyoncé tem um dos melhores videoclips de todos os tempos", disse o rapper, referindo-se a "Single Ladies (Put a Ring on It)".

O episódio marcou o início da zanga entre Kanye West e Taylor Swift, que continua a ter eco e a inspirar versos de canções... E já sabemos em quem é que a artista pop não vai votar se o rapper entrar na corrida à Casa Branca.

2010. Lady Gaga e o vestido de carne

Com o infame vestido de carne nos MTV Video Music Awards 2010, em Los Angeles

Alguém consegue esquecer? Lady Gaga fez história na edição 2010 dos MTV Video Music Awards, quando surgiu com um vistoso vestido feito de carne. A escolha da cantora não agradou a todos, mas conseguiu surpreendeu e continua a ser considerado o vestido mais arrojado de sempre usado numa passadeira vermelha.

O vestido constituído por nacos crus de bife argentino foi preservado num congelador, colocado num recipiente com químicos e posteriormente secado por taxidermistas na Califórnia antes de ser transportado para o museu Rock and Roll Hall of Fame.

2012. O mundo a dançar e a cantar "Gangnam Style", de PSY

Psy performs
créditos:

"Oppan Gangnam Style": há oito anos, em 2012, PSY tornou-se numa estrela mundial com o single "Gangnam Style". A canção tornou-se num fenómeno global e a coreografia também se tornou viral - uma "Macarena" do século XXI? No Youtube, o videoclip da canção do artista sul-coreano bateu recordes, sendo o primeiro vídeo a alcançar os mil milhões de visualizações na plataforma.

Apesar de já se terem passado oito anos, a letra e a dança ainda continuam nas nossas cabeças (ou não)?

2012. Adam Lambert, o primeiro artista abertamente gay na liderança do top da Billboard

Queen + Adam Lambert na Altice Arena

Provavelmente nunca ouviu o álbum "Trespassing", de Adam Lambert - nenhum dos singles chegou aos tops mundiais, mas o disco fez história. Com 77 mil vendas registadas nos Estados Unidos, o álbum conquistou a liderança no top Billboard 200, tornando o norte-americano no primeiro artista abertamente gay a chegar ao número um do ranking.

Para a revista Billboard, a conquista do cantor "foi marcante" e um "passo importante" para a comunidade artística LGBTQ+. Mas "ainda há um longo caminho a percorrer", frisa a publicação.

2014. O triunfo do reggaeton

O novo álbum de J Balvin é um mundo colorido: ouça aqui todas as canções de

"O reggaeton é a nova pop": foi assim que o colombiano J. Balvin, premiado nos Grammys Latinos de 2018, definiu o estilo musical que tem conquistado fãs em todo o mundo. Segundo os dados conhecidos, entre 2014 e 2017, a procura por música latina no mundo aumentou 110%, com vários singles a conquistarem os tops dos serviços de streaming.

O que antes era estilo/sub-género discreto no mundo da música pop, hoje ocupa os tops mundiais e continua a ser um mercado em crescimento.

2015. Música nova às sextas, sempre

Quanto ganham os artistas com os serviços de streaming?

Sexta-feira é já sinónimo de novas canções ou de lançamento de álbum, mas nem sempre foi assim. Aliás, a iniciativa global só arrancou em julho de 2015 - "Músicas nova às sextas" (NewMusicFridays) é um projeto que envolve editoras discográficas, distribuidores e comerciantes.

Até 2015, os novos lançamentos musicais eram feitos em diferentes dias da semana em vários países. Em Portugal, bem como na França e no Reino Unido, as novas canções eram reveladas às segundas-feiras, às terças-feiras nos EUA e no Canadá e às sextas-feiras na Austrália e na Alemanha, por exemplo.

2015. Atentado no Bataclan durante o concerto dos Eagles of Death Metal

Eurockeennes Festival 2015

A sala Bataclan, localizada no centro da capital francesa, foi um dos alvos dos atentados da noite de 13 de novembro de 2015, que causaram um total de 130 mortos. O ataque aconteceu durante um concerto da banda norte-americana Eagles of Death Metal.

O lugar voltou simbolicamente à vida com um concerto do cantor britânico Sting a 12 de novembro de 2016, na véspera do primeiro aniversário dos ataques, que causaram 130 mortos em Paris, 90 deles no Bataclan.

2016. Morte de David Bowie e edição surpresa de "Blackstar"

5. David Bowie - Blackstar (1.9 milhões de unidades)

No início de janeiro de 2016, o mundo perdeu o artista habitualmente apontado como o mais camaleónico de sempre. "David Bowie morreu em paz rodeado pela sua família depois de uma luta corajosa de 18 meses contra um cancro", podia ler-se no comunicado deixado pela família nas redes sociais.

O cantor morreu apenas dois dias depois de ter lançado o seu 25.º álbum de originais, gravado em segredo. Tony Visconti, produtor de longo prazo de David Bowie, sublinhou que "Blackstar" foi gravado como um “presente de despedida” para os fãs.

2016.  "Lemonade", uma nova página na história dos álbuns visuais

A atuação de Beyoncé

"Lemonade", álbum e filme de vida de Beyoncé, foi lançado de surpresa em abril de 2016 e tomou de assalto os principais tops mundiais. Com a obra, a artista reafirmou o gosto por combinar a sua música com elementos visuais.

O filme, que foi estruturado a partir das canções do álbum e de versos da poetisa britânica-somali Warsan Shire, fala sobre as dificuldades sentimentais de Beyoncé, ao mesmo tempo que recorre às experiências das mulheres afroamericanas.

2017. Vitória de Salvador Sobral no Festival Eurovisão da Canção

Salvador Sobral:

'Se um dia alguém, perguntar por ele', poderemos dizer que foi o responsável pela primeira vitória de Portugal na Eurovisão. Ao fim de 48 participações, Portugal venceu o festival e tudo graças aos irmãos Sobral - Luísa, a compositora do tema, e Salvador, o intérprete de "Amar Pelos Dois" que conquistou a Europa.

Portugal foi o país mais votado  por parte dos jurados de cada país em concurso, com 382 pontos. Em segundo lugar ficou a Bulgária, 278 com pontos, seguida da Suécia (218). Somando os pontos dos jurados e do público, Portugal conquistou mais 758 pontos.

Com a vitória de Salvador Sobral, em 2018, Portugal recebeu pela primeira vez o Festival Eurovisão da Canção, que se realizou na Altice Arena, em Lisboa.

2018. BTS atuam no "Good Morning America" e reforçam popularidade da K-Pop

2018. BTS atuam no

Abrir as redes sociais e encontrar alguém a partilhar uma canção de um grupo K-Pop não é difícil: o estilo sul-coreano tem conquistado os quatro cantos do mundo e os jovens músicos tornaram-se estrelas globais.

Os BTS são o melhor exemplo do crescimento do género. Para a revista Rolling Stone, a atuação da banda no programa norte-americano "Good Morning America" foi um dos mais importantes marcos da última década no mundo da música. "Além de ser o primeiro grupo coreano a fazer uma digressão esgotada nos Estados Unidos, os BTS também chegaram ao 'Saturday Night Live', 'The Late Show with Stephen Colbert' e aos Billboard Music Awards", lembra a revista.

2019. Ed Sheeran bate os U2 na lista de digressões mais rentáveis

Ed Sheeran

A "Divide Tour", de Ed Sheeran, bateu todos os recordes mundiais. Com mais de 8,9 milhões de bilhetes vendidos em seis continentes, a série de concertos do músico britânico lidera o ranking das digressões mais rentáveis de sempre.

Como a "Divide Tour" - que passou pelo Estádio da Luz, em Lisboa -, Ed Sheeran ultrapassou as principais bandas mundiais, como U2,  Guns N 'Roses, Rolling Stones ou os Coldplay. O artista do Reino Unido bateu ainda várias estrelas pop, como Madonna ou P!nk.

2019. Os sucessos criados pelo Tik Tok

Gostou de uma canção que ouviu no Instagram ou no Tik Tok mas não sabe o nome? Esta playlist junta todos os hits da internet

Ter canções na banda sonora de filmes ou de séries, tocar na rádio ou ser destaque em publicações dedicadas à indústria da música podia ser o primeiro "empurrão" para muitos novos artistas. Com a chegada das redes sociais, especialmente do Tik Tok, a realidade mudou: artistas desconhecidos tornam-se estrelas mundiais quando as suas canções são escolhidas para os vídeos da rede social.

Com um hit no Tik Tok, as novas estrelas da música rapidamente conquistam os tops mundiais. Doja Cat, BENEE, Lil Nas X e Topic são alguns dos casos de sucesso.

2020. Indústria da música em silêncio

Entre os 8 minutos e 46 segundos de silêncio, a música: Spotify lança playlist Black Lives Matter

Depois da morte de George Floyd, nos Estados Unidos, artistas, editoras, rádios e serviços de streaming de música juntaram-se no movimento "The Show Must Be Paused" ("o espetáculo tem de ser interrompido") e estiveram em "silêncio" no dia 2 de junho de 2020. A ação teve como objetivo mostrar solidariedade para com a comunidade afro-americana.

Numa mensagem publicada nas redes sociais, as multinacionais que se juntaram ao protesto sublinham que esta foi uma "acção necessária de forma a promover a responsabilidade e a mudança". "Como guardiões da cultura é nossa responsabilidade juntarmo-nos não só para celebrar as vitórias, mas também para nos apoiarmos nas derrotas", frisava o texto partilhado por dezenas de multinacionais e que terminava com a hashtag #TheShowMustBePaused.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.