Beyoncé e Jay-Z homenagearam Aretha Franklin no arranque do concerto em Detroit, nos Estados Unidos. A cantora está "gravemente doente" e está "rodeada pela sua família e aqueles que lhe são próximos".

“Adoramos-te e queremos agradecer-te pela tua música, tão bela”, disse Beyoncé, dedicando o espetáculo à rainha do soul.

O DJ Khaled, que atuou na primeira parte do concerto em Detroit, também homenageou Aretha Franklin, passando o tema "Respect".

Aretha Franklin, de 76 anos, foi diagnosticada com cancro em 2010 e atuou pela última vez em novembro de 2017 na festa da fundação de luta contra a SIDA de Elton John, em Nova Iorque.

No artigo do site showbiz 411, o jornalista Roger Friedman adianta que Aretha está "rodeada pela sua família e aqueles que lhe são próximos".

Aretha Franklin é classificada como a "Rainha da Soul" e ao longo da sua carreira já recebeu 18 Grammys, o último dos quais em 2008 por um dueto com Mary J. Blige no tema "Never Gonna Break My Faith".

O álbum de Aretha de 1972 “Amazing Grace” é um dos álbuns gospel mais vendidos de sempre, com 2 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.

O seu último álbum, "A Brand New Me", foi lançado em 2017 e logo de seguida anunciou que se iria retirar do mundo do espetáculo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.