O produtor Nélson de Sousa, mais conhecido por Manolo, revelou ao SAPO que está a trabalhar na produção musical de vários cantores angolanos. Ana Joyce, Celma Ribas, Eddy Tussa, Teen Over, Jay Wihme, são alguns dos artistas que terão as suas músicas produzidas a partir de Moçambique, numa parceria entre o produtor e a CT Empreendimentos de Angola.

Manolo diz que a parceria com os cantores “mangolés” começou em 2013, quando produziu duas músicas para o álbum da cantora Yola Semedo. “A Yola gostou do meu trabalho e, a partir daí, tenho recebido muitos convintes de músicos angolanos que precisam dos meus serviços. Actualmente, estou a trabalhar com mais de seis artistas,” adiantou o produtor.

Manolo revelou ainda que, “na segunda-feira, enviei uma música já concluída para o cantor Eddy Tussa. Os próximos contemplados serão a Celma Ribas e Ana Joyce. Já envie as instrumentais para serem testados”.

O produtor afirma que a preferência dos músicos angolanos pelos seus serviços revela que há talento no país, mas admite que "nós cá em Moçambique, não somos sérios e muito menos valorizamos a nossa cultura, enquanto não apostarmos na qualidade não vamos chegar a lado nenhum. Temos talento, só não sabemos usá-lo corretamente, “ desabafou o Manolo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.