"Como a maioria de vocês provavelmente sabem, o nosso irmão James está a lutar com o vício há muitos anos. Infelizmente, ele agora entrou outra vez num programa de tratamento para lutar pela recuperação", informou o grupo de metal, numa nota assinada por "Lars [Ulrich], Kirk [Hammett] e Robert [Trujillo]" - os outros três membros da banda.

"Mais uma vez, estamos arrasados por vos incomodar, especialmente aos nossos fãs mais leais que viajam grandes distâncias para testemunhar os nossos concertos", escreveram.

O primeiro espetáculo da banda na Austrália, no âmbito da digressão WorldWired, estava previsto para 17 de outubro em Perth. A etapa da Oceânia da série de concertos deveria terminar Auckland, Nova Zelândia, após oito atuações.

O grupo disse que planeia reagendar as datas da digressão "assim que a saúde e o calendário o permitirem". Da mesma forma, anunciou que todos os bilhetes para concertos cancelados serão reembolsados.

Hatefield já teve problemas com dependência de álcool e outras substâncias, que foram abordados no documentário sobre a banda "Some Kind of Monster", de 2004.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.