Mulher batalhadora, que luta muito e faz de tudo para alcançar os seus objectivos. É desta forma que a cantora Liloca descreve a mulher moçambicana, título do seu terceiro álbum lançado este Sábado, dia 29, num concerto único que teve lugar no Cine África, em Maputo. Vários artistas nacionais subiram ao palco para dar as boas-vindas ao novo “bébé” da cantora.

‘Um concerto totalmente moçambicano’, foi assim que os fãs da musa descreveram o concerto. Zav, Julia Duarte, Mr. Bow, Dj Ardiles, Slowli e Dj Damost foram alguns dos convidados que partilharam o palco com Liloca e interpretaram temas bem conhecidos pelo público.

Depois de uma longa actuação com os colegas e amigos de profissão, era chegada a hora de Liloca apresentar oficialmente o seu novo cd. Começou por interpretar uma música de agradecimento a Deus, de seguida uma canção dedicada a todas as mães, em especial à sua mãe por tudo que tem feito por ela.

Segundo a cantora, o álbum “foi feito com muito trabalho e muito amor”. “Mulher Moçambicana” conta com um total de 16 faixas de originais e com a participação de alguns músicos moçambicanos.

Para além de cantora, Liloca foi durante anos, bailarina de vários músicos moçambicanos. Hoje considera-se uma mulher multifacetada e o seu novo trabalho revela um pouco disso, ou seja, é um trabalho que apresenta vários ritmos musicais como a marrabenta, deep house, zouk e soul.

Em declarações ao SAPO e alusivo ao dia da música, Liloca não poupou críticas ao cepticismo em se fazer um espectáculo completamente moçambicano e explicou que depois do lançamento do seu trabalho este sábado, vem mostrar que “é possível fazer um show de música moçambicana e só com músicos moçambicanos. A música moçambicana é boa e só precisa de pessoas que têm fé e que acreditam na própria música moçambicana. Se nós como músicos confiarmos mais em nós e acreditarmos mais em nós vamos fazer espectáculos como este e vamos passar mais música moçambicana nas rádios e nas televisões e deixaremos de consumir mais música de fora”, afirmou Liloca.

“Mulher Moçambicana” vem juntar-se a mais dois álbuns da cantora, “Tic-Tac” e “Magnífica”.

Sílvia Panguane

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.