Enquanto uns prendem-se nas comparações de quem é melhor que outro (embora muitos achem um absurdo comparar os dois rappers, Hernâni da Silva e Prodígio ), outros preferem tecer elogios aos autores pelo conteúdo da música e o respectivo vídeo que já conta com mais de 60 mil visualizações no Youtube em apenas 24 horas.

“Pai Perdoa-lhes”  ("eles não sabem o que fazem", da Bíblia Sagrada – Lucas 23:34) é um pedido de misericórdia de Jesus Cristo, aliás, desta vez de Hernâni e Prodígio endereçado a Deus para que tenha dó dos seus “haters” que mesmo sem conhecer as suas batalhas rogam para que tudo dê errado.

Tirando a questão de quem terá “amarado” (expressão comum em Moçambique para referir superioridade de um rapper em detrimento do outro) no beat, uma prática comum quando os grandes deste género musical juntam-se, neste trabalho, filmado em Portugal, ficou uma vez mais clara a abertura e união de artistas da Lusofonia.

Em suma, é uma parceria histórica na medida em que é a primeira vez que Prodígio faz parceria musical com um rapper moçambicano.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.