Depois de alguns rumores, a confirmação chegou: a digressão com o holograma de Whitney Houston vai arrancar no Reino Unido em 2020, confirmou a NME. O espetáculo estará a cargo da Base Entertainment, que já produziu concertos semelhantes de tributo a Buddy Holly e Roy Orbison.

Em maio deste ano, a editora Primary Wave Music Publishing anunciou um acordo com os herdeiros da cantora, falecida em 2012, no qual adquiriu 50% do seu património, incluindo os direitos das suas músicas, filmes e produtos derivados.

"Graças ao prestígio mundial da Primary Wave e  à sua rede de contactos, esta associação vai levar o talento artístico e a integridade do legado de Whitney à estratosfera" com tudo o "que [ela] nos deixou para que aproveitemos durante toda a vida", disse Pat Houston, cunhada e administradora da herança da cantora.

Em entrevista à Music Week , o responsável pelo marketing da Primary Wave, Seth Faber, frisou que o espetáculo "será incrível". "Será uma experiência fenomenal", sublinhou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.