A Disney anunciou esta terça-feira que ficará com o controlo total da plataforma de vídeos online Hulu após concluir um acordo com o grupo de televisão por cabo Comcast, dono de 33% das ações do serviço de streaming.

O acordo dá à Comcast a opção de vender a sua participação à Disney por um valor justo de mercado em cinco anos, com uma capitalização da Hulu na bolsa estimada em pelo menos 27,5 mil milhões de dólares.

Com essa decisão, a Disney dá mais um passo na sua batalha contra a Netflix, líder de mercado, enquanto mantém o conteúdo da NBCUniversal, uma filial da Comcast, até 2024.

Hulu, que afirma ter 28 milhões de assinantes, será uma das três plataformas de streaming oferecidas pela Disney.

A empresa planeia lançar este ano um serviço com programas para toda a família, Disney+, bem como a plataforma de conteúdo desportivo ESPN+.

A Disney já havia duplicado a sua participação na Hulu, para 60%, com um acordo para adquirir os principais ativos da 21st Century Fox. E outro dos acionistas, a WarnerMedia, concordou em desistir dos seus 10% na plataforma de streaming no ano passado.

Como o Netflix, Hulu oferece programas originais para atrair assinantes.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.