Uma lista oficial do governo chinês de filmes em preparação tem um projeto intitulado "A Porquinha Peppa comemora o Ano Novo chinês", que deve estrear em fevereiro de 2019, aproveitando as festas de fim de ano neste país, informou o jornal oficial China Daily neste domingo.

Produzido pela Alibaba Pictures e pelo grupo canadiano Entertainment One - que detém os direitos dos personagens -, o filme mostrará as personagens tradicionais da série de animação, cuja protagonista é uma porca desobediente, mas também duas personagens estreantes: "Dumpling" e "Bola de Arroz", dois componentes da culinária chinesa.

"A Porquinha Peppa" chegou à China em meados dos anos 2000 e tornou-se extremamente popular com os seus episódios dobrados em mandarim.

Mas esse fervor aumentou no final de 2017 entre o público adulto, com cada vez mais utilizadores da Internet - alguns deles famosos - a exibir tatuagens com a inscrição "Peppa Pig" em selfies, enquanto cresciam as vendas de objetos, canecas, relógios ou roupas com o rosto da personagem.

O Diário do Povo, porta-voz do Partido Comunista no poder, denunciou em maio os efeitos perversos da "comercialização" motivada por Peppa, através da participação de personalidades na Internet.

"Muitos alunos tentam diferenciar-se competindo com relógios ou acessórios da Porquinha Peppa, o que beneficia os fabricantes de falsificações", criticou a publicação oficial.

O Global Times denunciou um "vício" por parte das crianças, que teria levado algumas a emitir "grunhidos (de porco) e a pular em poças".

A inocente porquinha, segundo o jornal, "tornou-se um ícone para a subcultura de jovens hostis a valores comuns, muitas vezes mal educado e sem trabalho estável". "Ociosos, ao contrário da juventude que o Partido (PC) quer cultivar", acrescenta.

"A Porquinha Peppa assumiu um aspecto subversivo e a sua popularidade viral ilustra uma sede por novidades e sátiras que provavelmente prejudicarão a moral da sociedade", enfatizou o Global Times.

A famosa plataforma de vídeos Douyin removeu do seu catálogo pelo menos 30.000 episódios dos desenhos animados britânicos. E a hashtag #PeppaPig foi banida da página.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.