A primeira temporada de "A Casa das Flores" ("La Casa de las Flores" no título original) chegou em agosto de 2018 à Netflix e conquistou milhares de fãs em todo o mundo. Mais de um ano depois, a comédia negra que segue uma abastada matriarca está de volta - os novos episódios estreiam no dia 18 de outubro no serviço de streaming.

Antes da estreia da segunda temporada, a Netflix partilhou um resumo dos primeiros episódios. No vídeo, Paulina de la Mora, personagem de Cecilia Suárez, recorda alguns dos acontecimentos mais marcantes da primeira parte da produção.

"Devem ouvir isto com phones", recomenda o serviço de streaming no arranque no vídeo partilhado nas redes sociais.

Veja o vídeo:

Na série mexicana, realizada por Manolo Caro e protagonizada pela atriz Veronica Castro, os La Mora tentam passar a imagem de uma família unida e focada nos negócios. Mas os problemas são muito maiores do que parecem: "um suicídio, um marido infiel, um genro transexual,  um negócio arruinado, uma criança bissexual, tráfico de drogas e sorrisos", descreve o El País.

Na segunda temporada os problemas vão continuar: depois da morte inesperada da matriarca Virginia de la Mora, a família começa a distanciar-se e Paulina, que se mudou para Madrid com Maria José e com o seu filho, é forçada a voltar ao México.

Veja o trailer da segunda temporada:

A série tem sido descrita como uma novela para os millennials. Para a edição mexicana da revista Forbes, "A Casa das Flores" ganha pontos por abordar temas tabus - infidelidade, drogas, sexo, bissexualidade e transexualidade -, que geralmente ficam de fora das histórias das produções mexicanas.

Cecilia Suárez (Paulina de Mora), Aislinn Derbez (Elena de Mora), Dario Yazbek (Julián de Mora), Paco León (Maria José) e Juan Pablo Medina (Diego Olvera) continuam no elenco da série, que vai contar ainda com Maria León (Purificação), Eduardo de la Rosa (Alejo), Eduardo Casanova (Edu) ou Mariana Treviño (Jenny Quetzal).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.