A atriz estava internada com pneumonia, desde o início desta semana, no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital Copa D'Or, em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro. A causa da morte, porém, ainda não foi revelada pelo hospital, segundo o G1, o portal da Globo.

De acordo com a informação divulgada pelo portal, Ruth de Souza Pinto nasceu em 12 de maio de 1921, no bairro do Engenho de Dentro, na zona norte do Rio de Janeiro, tendo passado a sua infância com a família em Porto do Marinho (MG).

Depois da morte do pai, voltou ao Rio de Janeiro com a mãe, com quem viveu numa vila de lavadeiras e jardineiras no conhecido bairro de Copacabana.

O seu gosto pelo teatro levou-a a procurar e a juntar-se mais tarde ao Teatro Experimental do Negro, grupo fundado por Abdias Nascimento e Agnaldo Camargo. E foi com aquela companhia que, em 8 de maio de 1945, atuou pela primeira vez no Teatro Municipal, que até então só tinha recebido atrizes brancas, ajudando dessa forma, a abrir as portas a outras atrizes negras no Brasil.

A peça encenada então foi "O Imperador Jones", de Eugene O’Neil.

Em televisão, participou em mais de 20 novelas, entre as quais "Sinhá Moça".

Os familiares de Ruth Souza disseram hoje que vão tentar que o velório da atriz se realize no Teatro Municipal.

"Ela merece essa homenagem da família, e os fãs também merecem, né? Dar esse adeus para ela, porque a gente sabe que tem muita gente que gosta dela (...) Minha tia foi uma pessoa muito importante para a família toda. Uma pessoa de muita garra, uma pessoa que sempre deu conselhos, presente demais na família. Era tipo a matriarca da família", declarou Midori de Souza, sobrinha-neta de Ruth Souza, citada no portal da Globo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.