«Downton Abbey» é uma obra prima clássica que segue os Crawley, uma família aristocrática inglesa, e os seus criados no início do século XX (1912).

Esta mega produção mostra o fim de uma era - a conquista do direito de voto para as mulheres, o nascimento do socialismo, e a imperturbável marcha da tecnologia - que poderá ameaçar o sistema de classes e maneiras que protegeu e calcificou, durante anos, os habitantes de Downton e a família Crawley.

Depois do trágico acontecimento do Titanic, intriga e romance passam a ser as constantes, uma vez que o fatídico acidente «levou» todos os possíveis herdeiros homens da família. Com a fortuna em risco por não terem nenhum herdeiro, a luta e trama da família Crawley começa.

Passada numa imponente casa no ano de 1912, «Downton Abbey» não só retrata a vida da família Crawley, como a de todos os seus criados.

Nas salas perfeitamente desenhadas, nos belos quartos decorados, na biblioteca sofisticada, vive a família, mas descendo as escadas podemos encontrar outros residentes, tão ferozmente possessivos com a hierarquia e posição social como qualquer outro membro da família Crawley. Uma grande diferença entre estes dois grupos sociais é o facto de os criados saberem muitos dos segredos mais obscuros da família, enquanto a família pouco, ou nada sabe dos seus lacaios.

Algumas das personagens, tanto da família como da classe mais baixa, são extremamente leais e já estão conformadas e presas ao estilo de vida de Downton, mas outras tentam seguir em frente à procura de novas oportunidades de amor ou apenas aventura. Este mote leva ao desenvolvimento de outras tramas secundárias que compõem esta fascinante produção épica de grande qualidade.

«Downton Abbey» apresenta-nos também um grande leque de personagens femininas bastante poderosas e independentes.

Lady Mary Crawley (Michelle Dockery), por exemplo, é uma mulher cujo objetivo principal é encontrar o marido certo. Apesar de estar à beira de uma dramática mudança no mundo com o estalar da Grande Guerra a poucos anos, os sentimentos de Mary divergem entre cumprir o seu dever e responsabilidade para com a família e Downton, e a sua vontade de seguir a direcção da independência e modernidade.

Por outro lado, Lady Sybil Crawley é a rebelde da família: ferozmente política devota à causa do direito de voto para as mulheres e quase sempre revoltada contra a injustiça que reina em todo o lado.

Para além de ter uma cativante história, «Downton Abbey» apresenta um guarda-roupa fenomenal, dá uma atenção especial a todos os detalhes e caracteriza-se por interpretações brilhantes de todos os atores.

Título Original: «Downtown Abbey»
Género: Drama
Episódios: 8 episódios de aproximadamente 45 minutos
Autor: Julian Fellowes
Elenco: Hugh Bonneville, Jessica Brown Findlay, Laura Carmichael, Brendan Coyle, Michelle Dockery, Joanne Froggatt, Thomas Howes, Rob James-Collier, Elizabeth McGovern, Maggie Smith, Dan Stevens, Allen Leech, David Robb, Jim Carter, Phyllis Logan, Siobhan Finneran, Sophie McShera, Lesley Nicol, Penelope Wilton, Maria Doyle Kennedy, Rose Leslie, Kevin Doyle
Produtores Executivos: Gareth Neame, Rebecca Eaton, Julian Fellowes
Produção: Carnival Films em associação com a Universal
Prémios: Dois Emmy Awards (melhor minissérie e melhor atriz secundária, Maggie Smith). Outras 15 nomeações e seis vitórias.

ESTREIA: Segunda-feira, dia 28 de novembro, às 22h30
Emissão: Segundas-feiras, às 22h30, na FOX Life
Repetição: Sábados, às 19h45 e domingos, às 23h00

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.